01

fev

Tô usando: Shampoo a Seco Oscar Blandi

Já estamos em fevereiro!

O mês de janeiro foi agitado por aqui. Muitas decisões a tomar, muito trabalho, muitas ideias, muita correria… Se não fosse pelo calor, nem teria parecido verão! rs…

Hoje vou falar pra vocês da experiência que estou tendo com o shampoo a seco Oscar Blandi (assunto, aliás, bem atual, porque com essa crise da água que estamos vivenciando, precisamos estar preparadas pra tudo, não é?).

Pelo menos aqui em São Paulo, não dá pra ficar lavando o cabelo todo dia. Primeiro, porque todos precisam colaborar e economizar água. Segundo, porque às vezes, não vai ter água mesmo! 🙁

Tomar banho de “canequinha”, como diz a minha vó, até dá certo. Só que com o cabelo não! Então, uma ótima solução é o shampoo a seco. Ele disfarça a oleosidade do cabelo, elimina odores e garante movimento até a próxima lavagem.

E, terceiro, mas não menos importante, porque meu cabelo demora um tempão pra secar, e ele agradece se a lavagem for dia sim, dia não.

Claro, em situações “normais” (como levantar atrasada e não ter tempo de lavar o cabelo) ele também é super mão-na-roda.

Já usei três outras marcas, que me agradaram bastante: Shampoo a seco Charming (1), Batiste Dry Shampoo – Original (2) e o Shampoo sem água da SereniT – meu preferido (3).

shampoo-a-seco

Há um bom tempo vinha ouvindo elogios ao Shampoo a Seco Oscar Blandi e, lógico, fiquei  com muuuuiiita vontade de testar, afinal parecia ser um dos “mais mais” dos shampoos a seco.

Então, pedi a uma amiga que estava com viagem marcada aos EUA que trouxesse pra mim o maior frasco do Oscar Blandi que ela encontrasse! rs…

IMG_20150201_200007_179

O que o fabricante promete:

Abram caminho para a mais recente inovação em shampoo a seco. Oscar Blandi Pronto Invisible Volumizing Dry Shampoo é invisível, o que significa que é completamente indetectável e é ideal para todas as cores de cabelo. Quando aplicado, ele aumenta instantaneamente o volume e limpa o cabelo sem água. Ingredientes como amidos suaves absorvem o excesso de óleo e o acúmulo do produto, enquanto as proteínas, vitaminas E e do trigo fortalecem e protegem o couro cabeludo. O resultado final é um cabelo parecendo ter sido recém-lavado, sem um traço de resíduo.

IMG_20150201_200017_632

Na aplicação, ele é bem parecido com os outros três que testei anteriormente. Borrifo o produto na cabeça, nas áreas onde os fios estão mais oleosos, espero uns segundos, dou uma ajeitada com as mãos pra ter certeza de que todo o produto sumiu e está pronto!

O Shampoo a seco Oscar Blandi (no meu caso o Volumizing) é líquido. Não libera aquele pózinho como o Charming e o Batiste, sabe? Ele deixa o cabelo um pouco úmido e realmente é totalmente transparente. Por isso, não deixa nenhum resíduo branco no cabelo.

IMG_20150201_200031_321

Minha opinião:

Sinto que preciso utilizar mais produto para chegar ao resultado que desejo, ou seja, gasto um pouco mais dele do que os das outras marcas em cada aplicação.

E também não virei fã do perfume dele. Não é um perfume muito, muito forte, mas ele fica o dia inteiro na cabeça. Acho que tem um cheirinho de … grama? Detergente? Não sei explicar! Sei que não gostei muito dessa parte. Mas em relação à limpeza do cabelo, colocando um pouco mais de produto, ele cumpre o que promete. Dá uma “cara” de limpeza ao cabelo, além de deixar ele mais soltinho e com volume.

Gostei, mas não amei, entende? Já tenho outros dois na fila pra testar depois dele, e acho que se for utilizar um dos que já testei até aqui, ele, com certeza, não seria minha primeira opção, por causa do cheiro.

E vocês, já testaram esse shampoo a seco? Ou outros? E o que acharam?

0 Comentários

Deixe o seu comentário!